Paços pelo Pilar

Uma bela manhã de domingo seria o espaço temporal de mais uma aventura. Só a dois, mas com vontade suficiente de enfrentar o calor e os km's, lá se fez mais um passeio!
Hora e local de concentração habituais, início a bom ritmo e tudo corria bem. O gps carregado com o track indicava que seriam poucos km's e acessíveis, é claro que isso só é verdade ao sábado, mas a um domingo, tudo fica diferente. Um pequeno desentendimento com a bateria da máquina fotográfica ditava um passeio sem fotos, mas que por sua vez impulsionava a um ritmo mais certo e sem pausas. Paços de Ferreira lá nos esperava, mas uma passagem singela pela festa da Senhora do Pilar deteve-nos por uns minutos para uma "cola fresquinha". Foi com a música da banda que nos lançámos pelos singles em downhill até à mítica fábrica do Ikea. Contornando esta e em direcção a Paços, reparámos que havia a possibilidade de conquista geodésica com um pequeno desvio, e foi o que fizemos. Sempre em bom ritmo, e seguindo por percursos de outros eventos, lá voltámos a encontrar trilhos bem conhecidos que nos permitiram seguir até casa sem grande demora. Mas havia que parar para mais uma "cola fresquinha" e para uma cereja, a já mitológica Subida da Pinguela!
Em resumo, mas sem muitas fotos, foram 50km num domingo, bem puxadinhos e deliciosamente percorridos.

1 comentário

Mensagens populares deste blogue

Caminho Português Interior de Santiago - Chaves -> Santiago de Compostela

Caminho de Santiago - Pela Geira e Via da Prata