Pedra Bela

Dia de festa, muito calor e uma paisagem magnífica! Predicados mais que suficientes para juntar uma armada de 9 elementos para um passeio dito "ligeiro" pelo Gerês. O local a visitar era a Pedra Bela, miradouro bem conhecido do Gerês e que proporciona uma vista bem bonita sobre a albufeira da Caniçada (ver fotos).
Saídos bem cedo da cama, já subíamos em direcção à Pedra Bela sem que o calor se manifestasse. Cedo percebemos que o dia iria ser quente e o facto de começar a pedalar cedo ajudava. Uma ascensão bem íngreme, pautada com pausas para fotos e refrescos, levava-nos ao destino. A presença de duas SS's vinha confirmar a escolha de um percurso acessível, sem bem que não foi o que se verificou. De todas as poses e fotos tiradas no cimo, aproveitámos para alimentar o corpo com uma barra energética! A partir daqui, sabíamos que o pedestrianismo iria estar presente, longe estávamos de imaginar que seria logo a seguir (hehe!). Algum mato e trilho não ciclável foram ultrapassados até ao Trilho dos Currais. Aqui a presença das Mariolas tornava o trilho mais bonito e fomos passando por outros ícones locais como o Curral Carvalha das Éguas e o Curral Lomba do Vidoeiro. Daqui ao Curral da Teixeira houve inversão entre o transporte e o transportado, sendo que no fim fomos presenteados com uma lagoa azul, ao que fomos automaticamente convidados a mergulhar e refrescar assim o corpo. O almoço foi mesmo aqui, desfrutando de uma paisagem granítica, imponente e silenciosa. Sempre seguindo o Vale da Teixeira, as bike foram privilegiadas com uma descida por trilhos pedestres, mesmo ao estilo de quem não pode levar uma bike para aqueles trilhos. Ao chegar à Cascata do Arado, ficámos satisfeitos por encontrar um trilho largo e ciclável. Ainda que em subida, lá fomos recuperando os km's, com passagem por mais pormenores (Vezeira da Ermida, Fonte da Malhadoura, Fonte da Tribela). Iniciámos então uma descida alucinante e bastante rápida até a uma estrada que culminava em mais uma cascata do Rio Arado. Havia agora que voltar a subir, ainda que resguardados pela sombra num trilho próximo do rio. Custou, mas lá encontrámos a estrada que nos devolveu à albufeira onde havíamos deixado os automóveis. Um mergulho nas águas do rio Caldo e as forças era dadas por bem empregues. Uma temperatura não aconselhável mas paisagens deslumbrantes e mergulhos em água temperada justificam bem os 1500 mts de acumulado num percurso de 38 km's. Fotos a comprovar tudo o que acima se disse!




Pedra Bela from Domingos Gouveia on Vimeo.

Pedra Bela from Helder Azevedo on Vimeo.



Isto tudo em ritmo de celebração do 3º Aniversário do BTTPINOCO, que parecendo que não merece a comemoração e nada melhor que um Jantar de Aniversário para elementos e respectivas famílias em regime privado para uma ainda maior confraternização.

9 comentários

Mensagens populares deste blogue

Caminho Português Interior de Santiago - Chaves -> Santiago de Compostela

Caminho de Santiago - Pela Geira e Via da Prata