PUF 10

Mais um Passeio de Utilizadores do Fórumbtt, desta vez o 10º. Para nós o 3º, desta feita em Jales - Vila Pouca de Aguiar, uma vila simpática que acolheu muitos utilizadores do fórum e que ditou um dia em cheio...
O programa pensado era simples, um domingo com boas previsões meteorológicas passado junto dos amigos a pedalar, juntamente com os colegas do fórum e ainda a família ali ao pé para saborear um pouco do que é o btt. Cedo se juntaram 6 automóveis com o intuito de a seguir ao pequeno almoço seguir em direcção à vila do distrito de Vila Real. Cerca de 1h de viagem e ali estava o planalto daquela zona lindíssima, com montes de potencialidades para este desporto. As nossas companhias femininas pareciam incrédulas com tanta azáfama causada por bttistas desconhecidos. Um "olá!" a este, um "como estás?" àquele, o ritual normal quando temos a oportunidade de associar o 'nick' à cara das pessoas. Os organizadores desta festa tiveram a atenção de providenciar uma visita guiada às nossas companhias, algo que esperámos ser devidamente documentado neste espaço, mas deixemos isso agora. O briefing matinal, sempre num tom de brincadeira, foi o mote para a partida. Aplaudidos e incentivados pelo lado rosa do grupo, lá seguimos para o trilho. O prometido e normal neste tipo de eventos é um percurso leve e fluido, talvez por isso houvesse quem estivesse presente de bike sem mudanças, mas a verdade é que era digno de um passeio de 50km. Sempre em redor da zona planáltica e tendo como piso o maciço granítico, fizemos grandes trilhos, uns em singletrack, outros por entre aldeias que causava curiosidade nos seus habitantes. Os km's foram passando, o convívio com os 'nicks' foi sendo o motor da jornada e ficámos sempre algo surpreendidos por sermos conhecidos por estranhos ou por nos conhecerem sem que os conheçamos a eles. O que importa é a boa disposição e nem as filas nalguns pontos críticos nos tirou o sorriso da cara. A passagem pelas antigas minas, onde se extraía minério precioso, foi o ponto alto do percurso, até porque em seguida estava o abastecimento.
Não pela comida ou bebida, que também fazia falta dado o calor do dia, mas pela companhia dos entes queridos, já que o passeio dos acompanhantes iria intersectar o nosso, um pormenor delicioso que faz toda a diferença. Entre bananas e copos de coca-cola o convívio adensava, transportávamos também para dentro de casa um pouco daquilo que por vezes nos escapa quando relatámos aqui. O calor e a dureza do percurso eram argumentos suficientes para quem desejasse um regresso mais rápido pelo dito "atalho", mas nós seguimos com o percurso planeado, algo corajoso e inconsciente, mas lá fomos. As paisagens fantásticas voltaram a atacar e por vezes a máquina fotográfica esconde entre clicks o cansaço das pernas, nada que não se saiba, mas sempre enriquece os álbuns de fotos. O sobe e desce da parte final só primava pela beleza do percurso, já que nem sempre se encontram singletracks em escarpas ou trilhos largos por entre pinhais limpos e arejados. O fim estava ali próximo e claro que a união nestas coisas é importante, talvez por isso tivesse-mos chegado a Campo de Jales em autêntica caravana. Um banho com água tépida era o antecedente ideal para um churrasco farto e delicioso. Um presunto daquela zona é algo para lamber os dedos, ainda mais quando acompanhado do rico pãozinho... Nestas coisas dos eventos, é preciso olhar para esta organização, que além do já referido abastecimento e almoço, nos presenteou com um kit de boas vindas e com uma simpatia quase extinta em troca de nada... A arte de bem receber ainda existe!

informação e relato da visita às minas em breve




PUF 10 from Domingos Gouveia on Vimeo.


PUF 10 from Sergio Almeida on Vimeo.

Na página JALESBTT o rescaldo

6 comentários

Mensagens populares deste blogue

Caminho Português Interior de Santiago - Chaves -> Santiago de Compostela

Caminho de Santiago - Pela Geira e Via da Prata