Rota do Cabeço da Vaca

Às 8:36 começávamos esta que seria a nossa primeira vez na Cabreira, queríamos tirar partido das magníficas condições desta serra para a prática do BTT. Escolhemos um percurso que foi subindo até aos 1286 metros onde iríamos atingir o Talefe, passando por vários locais de extrema beleza tal como o Trilho do Turio, o Trilho do Cabeço da Vaca, as duas pontes em Zebral, os Garranos que nos apareceram em vários locais por onde passamos, e as magnificas pastagens repletas quer de vacas quer do seu próprio excremento.
As paisagens faziam-nos esquecer que tínhamos vindo a subir desde que saímos junto do parque de campismo de Vieira do Minho, a presença constante de gado bovino pelos caminhos e trilhos que passávamos ia dando uma índole agrária á nossa aventura, passagens por pequenas povoações ia-nos fazendo manter contacto com civilização pois por alguns bons momentos conseguíamos estar cerceados de magnifica vegetação e de animais tais como os Garranos que nos fazem sempre parecer estarmos longe de tudo e perto da natureza.
A chegada ao Talefe aconteceu com algum empenho, mas empenho maior tivemos quando começamos a descer até ao ponto de partida novamente, os trilhos empedrados que fizemos sempre a descer fizeram-nos atingir um êxtase de Adrenalina.
Eram 16:25 quando chegamos, estafados de descer, ao local onde na manha tínhamos começado, e os comentários eram unânimes: - Belo Passeio!






2 comentários

Mensagens populares