A nossa primeira aventura "oficial"

E aqui começava a nossa aventura.

Após subidas e descidas nos montes que nos ligaram desde o arranque até à "emblemática" subida ao Monte de Santa Tecla, cá estavamos nós, já tinham passado cerca de 2 horas, mas o ar fresco não nos trazia dificuldades para a chegada à meta.



O monte tinha desgastado e esta subida em calçada Portuguesa fez-nos abandonar por um pouco o selim.

Estavamos quase quase no posto de abastecimento.

"Et voilá" o merecido abastecimento, liquido e sólido, pois ainda nos faltava metade da prova.

A mancha não deixa enganar, transpirou-se a camisola.


O sólido com a companhia da laranjinha acentou que nem uma luva.



E lá estavamos nós novamente na poeira, tinhamos muito para andar ainda.




A derradeira chegada.

Começamos a medo, afinal era a primeira vez que nos metiamos numa aventura destas. Todo o aparato e numeros de concorrentes fez-nos tremer as pernas, mas com o avançar da prova a confiança na chegada ao final da mesma foi subindo. Foi-nos dito no arranque que a prova era muito tecnica e "durinha" e verificamos isso mesmo. Tivemos momentos arriscados com descidas vertiginosas, pequenos carreiros onde só passava uma bicicleta, não se conseguia ultrapassar e por vezes eramos surpreendidos com o que nos aparecia a cada curva. Mas com toda a nossa "raça" fomos ganhando Km´s. O final foi complicado e fez com que não atingissemos o objectivo final da chegada em pleno do grupo, mas ficou a força de vontade e os bons momentos que passamos nesta manhã inesquecivel.

3 comentários

Mensagens populares